18 de out de 2015

Clipe de hoje: "Presença", com Skank & Emicida!


"Presença" - Skank & Emicida

No sol que vai dourar
Na noite mais escura iluminar
No canto da espuma do verde do mar
Ela é feito pluma solta no ar

E vem vindo ela..
Meu dedos vão tocar
Seus lábio vermelhos, na minha boca beijar
De olhos fechados
só pra inventar
No sopro, no segredo
Vou revelar...

Está em tudo sempre onde vou
Já não preciso procurar!

O seu presente eu sou
Onde está presente eu tô
O meu presente chegou
Se ela está presente eu vou...

Eu vou, eu vou..
Se ela está presente, eu vou

No seu jeito de olhar
Um pensamento livre vou imaginar
No horizonte surge, no luar, lunar
Num suspiro profundo a te desejar...

Está comigo levo onde vou
Já não preciso... procurar!

O seu presente eu sou
Onde está presente eu tô
O meu presente chegou
Se ela está presente eu vou... Eu vou... Eu vou...

(Emicida)
Tipo "la belle de jour"
Coisa de pele, tru
Classe como jameli, simples em timbres blue
Louca, Iansã, num flamboyant, delícia
Flan, hum, ok, sou fã
E abusa, há
Musa pra um tchatchatcha
Recusa tá junto ao blablabla
Ela mexe o cabelo, mexe a carteira
E mexe com a cabeça dos caras da rua inteira
Ilumina, sol. Sergipe, sai sem dar tchau
Tipo velas do Mucuripe
É o ritmo, mítico, crítico
É o que não cabe em nenhum logarítmo
E não cede
Pede um lugar íntimo
Pois carinho com um bom vinho a dois
Devaneio do sexo oposto
Faço gosto a imaginar do meu oposto
Toda volúpia, eros volúsia manda
E lembra terra boa à la Carmen Miranda

Está em tudo sempre onde vou
Já não preciso... procurar!

O seu presente eu sou
Onde está presente eu tô
O meu presente chegou
Se ela está presente eu vou...


Mexe o cabelo, mexe

Se ela está presente eu vou, eu vou
É só me chamar, é só me chamar

Olha ela aí
Olha ela aí

Ela mexe o cabelo
É ela quem chegou
Olha ela aí
Olha ela aí
Mexe a carteira
É ela quem chegou

Olha ela aí
Olha ela aí
Mexe com a cabeça dos caras da rua inteira


Nenhum comentário:

Postar um comentário