20 de jul de 2017

"Sereias da Vila": Campeãs brasileiras de 2017!





    Como fã do Futebol feminino e torcedor do Santos, não poderia deixar de registrar a conquista das "Sereias da Vila", que bateram o Corinthians/Audax pelo placar de 1x0 e sagraram-se Campeãs Brasileiras da temporada 2017. O gol foi assinalado pela jogadora argentina Sole Jaimes, artilheira da competição, marcando 18 gols em 19 jogos! Dá-lhe Santos, dá-lhe peixe! Ou melhor, dá-lhe sereias!!!

* O Eldoradense

Livro: "O pássaro pintado", de Jerzy Kosinsky



 
  Amigos do blog, conclui ontem a leitura do livro "O pássaro pintado", do escritor polonês Jerzy Kosinski. Se eu tivesse que resumir a obra em uma só palavra, o vocábulo seria: "sombrio". Sim, porque a narrativa se passa em meio a Segunda Guerra Mundial, no interior da Polônia, onde um menino desgarrado propositalmente pelos pais para manter sua segurança passa a vagar nas aldeias rurais daquele país, mendigando abrigo e comida. 

   Por ter a pele morena e os cabelos negros, o menino sofre as mais severas violências de natureza física e psicológica, com narrativas descritivas poéticas, porém, dotadas de uma realidade tão cruel que o leitor absorve todas as dores e penúrias do protagonista. Rituais pagãos dos povos rurais misturados à religiosidade fundem-se num sincretismo estranho em meio à miséria e aos saques dos exércitos nazistas, oprimindo um povo já desafortunado, onde as descrições físicas dos personagens revelam muito sofrimento.

   Sabe aquele tipo de leitura intrigante,  tão "pesada", que o leitor, ao terminar a última página, sente-se "tenso"? Pois é, "O pássaro pintado" traz esta sensação, pois expõe com muita realidade, as atrocidades de um cenário de guerra e as misérias impostas por este contexto. Apesar do duro choque de realidade, é uma bela leitura. Parece controverso, não? Pois bem: leiam e compreendam com maior clareza o que eu quis dizer...

* O Eldoradense


19 de jul de 2017

Memes com Super-Heróis: "Homem de Gelo"


   Brrrrr! Olha que eu não sou um sujeito "friorento', mas parece que lá do céu, alguém resolveu mesmo diminuir com vontade a temperatura do termostato! E se eu acreditasse nos Super-heróis, eu diria que o Homem de Gelo está aprontando uma das suas, como na imagem abaixo...     * Para visualizar a imagem em tamanho original, clique sobre a mesma.
  

* O Eldoradense

18 de jul de 2017

16 de jul de 2017

Vídeo musical de hoje: "O leãozinho", com Caetano Veloso & Maria Gadú


"O leãozinho"- Caetano Veloso & Maria Gadú

Gosto muito de te ver leãozinho 
Caminhando sob o sol 
Gosto muito de você leãozinho 

Para desentristecer leãozinho 
O meu coração tão só 
Basta eu encontrar você no caminho 

Um filhote de leão raio da manhã 
Arrastando o meu olhar como um ímã 
O meu coração é o sol pai de toda cor 
Quando ele lhe doura a pele ao léu 

Gosto de te ver ao sol leãozinho 
De te ver entrar no mar 
Tua pele tua luz tua juba 

Gosto de ficar ao sol leãozinho 
De molhar minha juba 
De estar perto de você e entrar numa. 

Pensamentos do Eldoradense: "Desenhos infantis"


Desenhos confeccionados ontem, pela minha sobrinha Isabella,  7 aninhos...

  "Quando me deparo com a ingenuidade e singeleza dos desenhos infantis, percebo o quão equivocado fui ao trilhar o caminho profissional da segurança ao invés da educação..."

* O Eldoradense

15 de jul de 2017

Conto: "Justo"


"Justo"


    Pode parecer uma daquelas coincidências da vida, mas o menino nasceu fruto do amor de Justino e Justina, e, para seguir a mesma linha do nome dos pais, foi registrado em cartório civil e batizado na igreja católica pelo nome de "Justo".
   Justo foi crescendo, e aos poucos, mostrando que fazia jus ao nome. Repartia o lanche da escola com os amigos, era solidário com todo mundo, enfim, tinha o bom senso como sua principal característica. Estudou, fez catecismo, primeira comunhão, crisma, e como não poderia ser diferente, foi aprovado com louvor no vestibular de direito. Mas justo não queria advogar, porque isso poderia fazer com que ele defendesse culpados, e esta não era sua meta na ciência jurídica. Queria ser mesmo era ser juiz! Fazer justiça, bater o martelo, decretar sentenças, julgar!
    Inteligente e esforçado que era, atingiu seu objetivo de forma meteórica. Vestiu a toga quase que na mesma época que o fraque, quando casou-se com Adalgisa, uma advogada bonita e perspicaz, incrementando ainda mais sua vida assertiva.
    Justo era tão justo que em um campeonato de futebol infantil foi convidado para ser árbitro de futebol do jogo do time próprio filho, tamanha sua imparcialidade. Não cometeu um deslize, foi imparcial, coerente, e até expulsou o seu rebento por conta de uma falta grave no adversário. Era um juiz exemplar, até mesmo dentro do campo de futebol.
   Mesmo tendo conduta tão ilibada, Justo foi traído por uma força interna maior: a libido. Em um dos tribunais da vida, conheceu Jesebel, também advogada, e não menos bela que sua esposa. O juiz entrou em parafuso! Cometeu aquele que considerava o seu primeiro deslize em vida, fazendo parte de um relacionamento extra conjugal que de certa forma, lhe complementava. Adalgisa era o porto seguro, a calmaria, enquanto Jesebel era a tempestade, a intensidade. E foi brincando, ora no carrossel, ora na montanha-russa, que Justo foi levando sua vida dupla.
   Mas inexperiente com mentiras e desprovido de malícia, logo foi flagrado. Uma mensagem no celular, com encontro marcado, data, hora e local fez com que Adalgisa o pegasse com a boca na botija. Ou melhor: com a boca nos lábios de Jesebel, na casa da amante!
   Discussão à vista! Duas advogadas falando mais que o vendedor de peixes, cada qual com suas argumentações, e Justo ali no meio, envergonhado, cabisbaixo, sem palavras. Restou-lhe propor a pior sentença de sua vida: sugeriu ficar com a esposa nas segundas, quartas e sextas, e com a amante, nas terças, quintas e sábados. O domingo, dia preferido de ambas, seria alternado. Ridículo. As duas lhe viraram as costas e ele percebeu a gravidade do erro.
  Católico fervoroso, quis consertar o seu erro perante Deus. Procurou um grande amigo que era padre, fez a confissão, e num gesto radical e surpreendente, passou a habitar o seminário. Na obsessão de se tornar novamente perfeito, tanto fez que trocou a toga pela batina. Precisava ser novamente ilibado e domar a libido masculina. Resgatando o respeito com a comunidade, tornou-se um sábio sacerdote, com grande erudição em suas homilias e pregando penitências aos pecadores em suas confissões.
  Adalgisa e Jesebel, obviamente seguiram suas respectivas vidas, casaram-se novamente, porém, perdoando o Padre Justo. Ainda hoje, ambas mantém amizade com o sacerdote, e, quando necessário, também fazem suas confissões com o clérigo. E é lógico, que para reparar o trauma causado, Justo lhes reserva horários especiais, e a confissão é feita não no confessionário, mas em outros aposentos, como uma forma de compensação ao transtorno causado no passado...



* O Eldoradense

14 de jul de 2017

Memes com Super-Heróis: Justiceiro!


   É... o presidente Michel Temer tanto que manobrou, que conseguiu a rejeição da CCJ à denúncia de corrupção passiva contra ele. Foram 45 votos contra o parecer, 25 votos a favor, e uma abstenção. Procedimento imoral explícito, revoltante, que não causou só a indignação do cidadão brasileiro, mas também do Justiceiro...                            * Para visualizar a imagem em tamanho original, clique sobre a mesma.



* O Eldoradense

12 de jul de 2017

Sobre a condenação de Lula...



“Tarda, e às vezes, não falha!”

    Todos nós sabemos o quão polêmica a notícia é, e não dá para não imaginar o turbilhão de possibilidades sobre o futuro. De cara, é preocupante imaginar as reações das Centrais Sindicais e Movimentos Sociais ligados à esquerda, pois a probabilidade de uma “convulsão social” não é descartada. E como simpatizante declarado da ideologia centro-esquerdista, fico muito à vontade para dizer: seria um grandessíssimo erro promover manifestações solidárias a um criminoso, que tantos prejuízos causou ao país. Seria um desrespeito às instituições democráticas e uma afronta à Justiça, que tanto clamamos historicamente aos quatro ventos. No caso específico da condenação de Lula em primeira instância, foram respeitados todos os ritos de um processo criminal, passando pelo direito de defesa, o acúmulo de provas e depoimentos testemunhais. Desqualificar o rito seguido à risca pelo juiz Sérgio Moro é tergiversar, dissimular, dar uma de “João sem braço”, ou com o perdão do trocadilho, dar uma de “Luiz sem dedo”.


   Enfim, se a esquerda brasileira quiser concentrar suas forças em causas justas e legítimas, que saia às ruas para defender os direitos que o trabalhador está perdendo com a Reforma Trabalhista, visivelmente prejudicial aos seus interesses. Se os movimentos sociais querem lutar por algo nobre, que o faça em defesa dos sem-teto, dos sem terra, mas não em defesa dos “com tríplex no Guarujá” ou dos “com sítio em Atibaia”. Há tempos o “homem do povo” mostrou-se cada vez mais atrelado às elites que tanto criticou nos palanques,  visando financiamentos de campanha através do famigerado “caixa dois”.



   A condenação de Lula é emblemática, um exemplo a ser seguido, e queira Deus, seja cumprida sem as benesses dadas aos figurões que podem pagar pelos melhores advogados. Que nesta avalanche promovida pela Operação Lava Jato, caiam todos que mereçam cair, sem distinção de partidos políticos ou ideologias. Afinal, qualquer ideologia é menos importante que a justiça e os valores éticos.



* O Eldoradense

11 de jul de 2017

Memes com Super-heróis: Namor, o Príncipe Submarino!


    E o Brasil, infelizmente, parece estar mesmo indo cada vez mais por "água abaixo". Preocupado com a perda da exclusividade governamental sob o oceano, Namor, o Príncipe Submarino, fez o seguinte prognóstico:  * Para visualizar a imagem no tamanho original, clique sobre a mesma.



* O Eldoradense

10 de jul de 2017

Revoada tucana do governo Temer é iminente!



    O governo Temer transformou-se em um zumbi cambaleante, cuja queda está tão evidente quanto iminente. E os principais alertas para a sua derrocada estão vindo do ninho tucano, (leia-se PSDB); partido que atualmente compõe a base governista, mas que a cada dia, testemunha declarações dos seus caciques contrárias à permanência na base situacionista.

   O Senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB); disse que se é para escolher entre a bancada governista na Câmara Federal e abandonar os cargos, é preferível abandonar os cargos. Já o Senador Tasso Jereissati, (PSDB-CE); afirmou que a saída do partido do governo Temer está "evoluindo naturalmente". Geraldo Alckmin, governador tucano de São Paulo, defende que o tucanato acolha favoravelmente a pauta das reformas (trabalhista e previdenciária); porém, sem necessariamente compor a base governista.

   Um dos principais nomes tucanos a defender a permanência do partido do governo Temer é o de Aloysio Nunes, senador paulista e Ministro das Relações Exteriores, porém, sua fala parece cada vez mais isolada dentro do partido.

   A reunião proposta por  Temer com FHC foi desmarcada, sem previsão para agendamento de nova data. Como "um tucano só não faz verão", afirmo, sem medo de errar: A revoada tucana do governo Temer está próxima! E aí, meus amigos, é questão de tempo para que o bêbado equilibrista caia de forma indigna e melancólica. O que esperar de Rodrigo Maia? Não esperem muita coisa, quiçá, esperem menos do que esperaram de Temer...

   * Para visualizar a imagem em tamanho original, clique sobre a mesma.

* O Eldoradense


9 de jul de 2017

Vídeo musical de hoje: "Rio de lágrimas", com Chitãozinho, Xororó & Almir Sater!


Rio de lágrimas - Chitãozinho, Xororó & Almir Sater

O rio de Piracicaba. 
Vai jogar água pra fora. 
Quando chegar a água.
Dos olhos de alguém que chora.
Quando chegar a água.
Dos olhos de alguém que chora.

Lá no bairro que eu moro, só existe uma nascente. 
A nascente dos meus olhos, já formou água corrente. 
Pertinho da minha casa, já formou uma lagoa. 
Com lágrimas dos meus olhos, por causa de uma pessoa.

O rio de Piracicaba. 
Vai jogar água pra fora. 
Quando chegar a água.
Dos olhos de alguém que chora.
Quando chegar a água.
Dos olhos de alguém que chora.

Eu quero apanhar uma rosa, minha mão já não alcança.
Eu choro desesperado, igualzinho uma criança.
Duvido alguém que não chore, pela dor de uma saudade. 
Quero ver quem que não chora, quando ama de verdade.

O rio de Piracicaba. 
Vai jogar água pra fora. 
Quando chegar a água.
Dos olhos de alguém que chora.
Quando chegar a água.

8 de jul de 2017

Temer não cometeu uma gafe! No ímpeto de querer mentir, acabou dizendo a verdade...




   Sabe aquela fase tão negativa da vida, que além do destino conspirar contra o indivíduo, o próprio sujeito acaba promovendo uma auto sabotagem involuntária? Pois é! O Temer está vivenciando este momento. Após dizer que estava na Suécia quando estava na Noruega, o nobre presidente disse em uma entrevista que está fazendo voltar o desemprego! Apesar de ser isso o que realmente está acontecendo, com certeza não foi isso o que Temer quis dizer. Mas é assim mesmo: Quando a fase é ruim, até mesmo quando se quer mentir, acaba se dizendo a verdade!

* O Eldoradense

7 de jul de 2017

Bonner foi realmente irônico? Eu acho que sim!

  Não é só o cenário que parece ter mudado no Jornal Nacional. Tenho a impressão de que o telejornal está ficando sutil e gradualmente mais informal, mais leve, sem aquele formato engessado, carrancudo, com um padrão técnico quase que irredutível. As inserções sempre simpáticas de Maria Júlia Coutinho na previsão do tempo possuem um tom descontraído, e até o Willian Bonner parece estar surfando na onda da ironia comedida e das pitadas sarcásticas. Vejam como foi a chamada do âncora, anunciando o filme da Tela Quente na última segunda-feira, ao final do telejornal...


* O Eldoradense

6 de jul de 2017

Charge Besteirol: "Conversa entre xarás"...


    Cansado da dureza e de passar o maior perrengue para educar os sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luizinho, o Pato Donald foi pedir um conselho ao atual presidente dos Estados Unidos para conseguir ficar bilionário. Vejam a resposta na charge besteirol abaixo...



* O Eldoradense

4 de jul de 2017

Série "Demolidor", na Netflix, também agrada!

Lado a lado: O Demolidor da série da Netflix e o dos gibis...
   
  Matt Murdock, quando menino, tentou salvar um idoso de ser atropelado por um caminhão com material tóxico, porém, ao realizar o nobre gesto, foi atingido pelo veículo e ficou cego por conta do líquido que entrou em contato direto com seus olhos. Após este infortúnio, Matt percebeu que os outros sentidos, (tato, olfato e audição); foram superdimensionados, e juntamente com a carreira de advogado, passou a encarnar o personagem Demolidor, aterrorizando a vida dos criminosos de Hells Kitchen, Nova Iorque.

   A partir daí, surge um conflito interno entre o advogado ético e super-herói violento, que apesar de fazer justiça com as próprias mãos, evita punir seus oponentes com a morte.

     Nas duas temporadas, vários personagens que fizeram parte da trama nos gibis incrementam a trama: o amigo de faculdade e sócio do escritório de advocacia Nelson Foggy; Elektra, (a ninja assassina que teve um affair com o protagonista); o Justiceiro, (um misto de herói e vilão perturbado que mata criminosos); e finalmente, Wilson Fisk, vilão conhecidíssimo do Universo Marvel, popularmente conhecido como "O Rei do Crime".

    Pancadaria, muito sangue e uma trama de qualidade, cheia de reviravoltas que compensa as cenas de violência fazem da série "Demolidor" uma ótima pedida para os telespectadores da Netflix neste inverno.

* O Eldoradense

     

3 de jul de 2017

Memes com Super-Heróis: Trump e seus "pitis midiáticos"...

  A versão ianque de Bolsonaro, também conhecida por Donald Trump, (leia-se presidente dos EUA); publicou nas redes sociais um vídeo de péssimo gosto, onde deixa a entender que "esmurra" a empresa CNN.
  
  Defensor da democracia e da liberdade, o Capitão América encontra-se desolado, e fez este questionamento abaixo: * Para visualizar a imagem em tamanho original, clique sobre a mesma.



* O Eldoradense

2 de jul de 2017

Vídeo musical internacional de hoje: "Lady in red", com Chris de Burgh


"Dama de vermelho"

Eu nunca tinha visto você tão bela quanto esta noiteEu nunca tinha te visto brilhar tantoEu nunca tinha visto tantos homens te convidando pra dançarEles estão procurando um pouco de romanceDê a eles uma chanceEu nunca tinha visto esse vestido que você está usandoOu os adornos em seu cabeloQue realçam seus olhosEu estava cego
A dama de vermelho, está dançando comigoDe rostinho coladoNão há ninguém aquiApenas você e euÉ onde eu quero estarMas eu mal conheço essa bela ao meu ladoEu nunca esquecerei a sua aparência esta noite
Eu nunca vi você parecer tão deslumbrante como esta noiteEu nunca vi você brilhar tanto, você estava incrível!Eu nunca tinha visto tanta gente querendo estar ao seu ladoE quando você virou pra mim e sorriu, você tirou o meu fôlegoE eu nunca tive tal sensação, tal sensaçãoDe amor completo e absoluto, como eu tenho hoje a noite
A dama de vermelho, está dançando comigoDe rostinho coladoNão há ninguém aquiApenas você e euÉ onde eu quero estarMas eu mal conheço essa bela ao meu ladoEu nunca esquecerei a sua aparência esta noite
Eu jamais vou esquecer a sua aparência esta noiteA dama de vermelhoMinha dama de vermelhoEu amo você

1 de jul de 2017

Shopping no antigo frigorífico Kaiowa: Há possibilidade?

Instalações físicas da massa falida do antigo Frigorífico Kaiowa: imagens do site da ACIPREV


  Há poucos dias, foi noticiado no Blog do Toninho, a iniciativa do empresário Lauren César Lima e do arquiteto e urbanista Júlio Fernando Martins em formar um grupo gestor para tentar viabilizar a adequação das dependências do antigo Frigorífico Kaiowa em um grande centro de negócios, uma espécie de "Shopping Center".

  Tenho dito ultimamente que se a massa falida do antigo frigorífico fosse arrematada por alguma empresa do setor de carnes, seria ótimo, mas este é um sonho bastante improvável de se concretizar. A pecuária praticada em nossa região é extensiva, com baixa produtividade e maior degradação ambiental, e pesa contra esta possibilidade a menor carga tributária praticada em estados vizinhos, como o Mato Grosso do Sul, por exemplo.

   Portanto, o setor industrial em nossa cidade vem agonizando, mas entendo que o setor de prestação de serviços pode ser sim, a solução para a reativação daquele prédio. Sinceramente, não entendo nada de economia, planilhas, muito menos de administração. Isso é com os técnicos. Mas na minha opinião leiga, acho que é este o "caminho das pedras": inovar, ousar, e entender que o setor terciário, é hoje, a nossa "válvula de escape".

   Mediante tais possibilidades, e levando-se em consideração o "Feirão de automóveis" que ocorrerá em Presidente Venceslau, (também nas dependências do antigo frigorífico); e também organizado por Lauren César Lima, pensei: "Se a ideia do shopping não vingar, por que não transformar aquilo em um grande polo de prestação de serviços no setor automotivo?"

   Vejam bem: Se do boi tudo se aproveita, (como dizem muitas pessoas); o automóvel também tem uma gama de possibilidades no setor de prestação de serviços. Concessionárias, Garagens de semi-novos, oficinas mecânicas, funilaria e pintura, borracharia, tapeçaria, venda de peças/acessórios, instalação de som/alarme, vistoria e até mesmo seguradoras. E se fosse elaborado um projeto alternativo convidando empresários do setor a participar de uma espécie de "condomínio", onde todos poderiam adquirir cotas e firmar de vez, a tradição de nossa cidade em relação ao produto "carro" no contexto regional?

   Como eu disse, sou leigo em planilhas, cálculos, e não domino nada em matéria de administração. Mas acho que em meio à boa ideia de transformar a massa falida do antigo frigorífico em um Shopping, sugerir que ali se transforme em um grande centro automotivo também faz algum sentindo enquanto alternativa, enquanto sugestão. O que não podemos é testemunhar aquele patrimônio gigantesco se depreciando sem ao menos sonhar com quaisquer perspectivas. 

* O Eldoradense

30 de jun de 2017

Memes com Super-Heróis: Tocha Humana e o desemprego...


  O noticiário de hoje informou: Quase quatorze milhões de desempregados em nosso país! É muita gente fora do mercado de trabalho, procurando ocupação remunerada, e, consequentemente, dignidade. Como a proposta do blog é tentar manter a descontração em meio às notícias ruins, fica a dica do nosso amigo do Quarteto Fantástico, o Tocha-Humana, para lidar com o problema do desemprego...           * Para visualizar a imagem em tamanho original, clique sobre a mesma.




* O Eldoradense



29 de jun de 2017

Sobre a possibilidade de Bolsonaro ser presidente...




  Sempre quando emito opiniões políticas no blog, procuro fazê-las criticando o político em si, não quem os escolheu, até mesmo porque está complicado "votar certo" em meio a tantas alternativas erradas. As eleições estão se tornando um teste de múltiplas escolhas onde quem vota, está quase que intimado a escolher a opção "NDA", também conhecida por "nenhuma das alternativas".

  Lula, Dilma, Aécio, Temer. Todos estes nomes ocuparam ou estiveram bem perto de ocupar o Palácio do Planalto e é sabido quais são os seus escrúpulos. E em meio à descrença e desesperança, é comum que apareçam os "salvadores da pátria", com seus discursos acalorados e dotados de um populismo hipócrita, oportunista. Pois é, amigo leitor, é lá mesmo que eu quero chegar: no atalho chamado Bolsonaro.

   O homem está em segundo lugar nas pesquisas eleitorais, e assim como o fato de Lula estar em primeiro, a segunda colocação do "Bolsomito", (como os mais fanáticos o intitulam); não é menos preocupante. Bolsonaro é uma aberração, homem retrógrado, tão despreparado quanto destemperado, e não está à altura do cargo que almeja. Se o leitor argumentar que ele é "honesto", aí eu não posso argumentar contra, pois até agora nenhuma acusação pesa contra ele, isso é fato. O problema é que honestidade não é o único critério para que se escolha um Presidente da República. É preciso, além de honestidade, preparo. Como Bolsonaro não é uma "ilha de honestidade", pois há outros políticos tão honestos quanto ele, (mas dotados de um preparo infinitamente maior do que o dele); fica o alerta: não adentrem neste atalho perigoso! Procurem ver como ele se expressa, as suas opiniões sobre os mais variados assuntos, e principalmente, se existe uma pauta econômica e social consistente em seu plano de governo. Se o indivíduo fizer a análise aprofundada, fria, desprovida de emoção, mas pautada na racionalidade, creio que dificilmente o sujeito abrace esta causa.

   Repito: existem outros nomes que possuem a honestidade como característica, tendo o preparo e o equilíbrio como não menos importantes adjetivos. Lula foi um erro? Sim, foi, (gravíssimo por sinal); e não convém repeti-lo. Dilma foi um erro? Não, foi estupidez mesmo. Aécio foi um equívoco? O tempo mostrou que sim. E Temer, o que é? Nada mais do que uma consequência desastrosa que veio de brinde juntamente com a eleição de Dilma. 

    Mas o que seria ou significaria, então, a hipotética eleição de Bolsonaro? Na minha sincera opinião, não é equívoco, nem erro, nem estupidez: SERIA SUICÍDIO COLETIVO MESMO!

* O Eldoradense

28 de jun de 2017

Conto: "Evolução da espécie"



"Evolução da espécie"

    Encontravam-se ambos na sala, pai e filho, cada um sentado em um sofá. O provedor da casa é um homem inteligente, apesar da pouca instrução. Trabalhador da construção civil e técnico de futebol de várzea nas horas vagas, tem um comportamento desbocado, mas prometeu à esposa que nunca falaria uma palavra de baixo calão sequer sob àquele teto familiar. O moleque, por sua vez é um verdadeiro menino prodígio, Nerd ao extremo, devorador de livros e tecnologia.   Lá pelas tantas, enquanto o pai folheia a página de esportes do jornal, o moleque, munido do seu Smartphone, pergunta:

    - Pai, o senhor acredita em Deus?
    -Claro! Por quê, você não?
     -Acredito. Mas não na criatura de barbas vistosas com voz grossa. Acredito em uma força abstrata, enigmática...
    - Fruta que partiu! Lá vem você com teus papos esquisitos...
    - De que fruta o senhor tá falando? Da maçã que Eva serviu ao Adão?
    -É, pode ser.
  -Não acredito nesta história, acho que tudo surgiu a partir da evolução do homem, passando inclusive pelo Homo erectus até chegarmos ao Homo Sapiens...
   -Falando em Adão, Eva e Erectus, faz tempo que eu não dou uma poda com sua mãe...
   -Não entendi! O senhor e a mamãe nunca podaram a árvore! Sempre pagaram para que seu Severino fizesse o serviço....
   -Por isso mesmo! Logo, faz tempo que eu e ela não damos uma poda...
 -Tá,vamos voltar ao assunto: Os deuses podem ter vindo de outros planetas, colonizando a Terra, para que nós evoluíssemos. Jesus Cristo pode ter sido enviado por eles, sendo um ser a frente do seu tempo. E aí, o sentido da oração: "Pai nosso que estais no céu..."
  -Moleque, você tá me confundindo! Vamos falar sobre futebol? Contra quem seu time joga hoje?
  - O Santos vai jogar contra o XV de Piracicaba. Vai ganhar na certa!
  - Não entendo. Desde pequeno lhe comprei tudo do Corinthians,  e aí você veio me dizendo que torce para o Santos...
 - Acho que foi por causa do Neymar...
 - Neymar, aquele guiado!
 - Como assim, pai, guiado!?
 - Guiado pela sorte, pelo destino, sei lá!
 - Ah, tá!
 - Pai...
 - O que foi desta vez?
 - Pensa... o senhor é corintiano, e eu santista. Mais uma vez entramos no assunto da evolução da espécie!
- Ah, moleque! Vai tomar cupuaçu!
O menino dirigiu-se até à geladeira, observou a jarra de suco, e gritou:
- Pai! Só tem suco de graviola!!!!

* O Eldoradense 

25 de jun de 2017

Vídeo musical de hoje: "Léo e Bia", com Oswaldo Montenegro e Zeca Baleiro


"Léo e Bia' - Oswaldo Montenegro & Zeca Baleiro

No centro de um planalto vazio
Como se fosse em qualquer lugar
Como se a vida fosse um perigo
Como se houvesse faca no ar

Como se fosse urgente e preciso
Como é preciso desabafar
Qualquer maneira de amar varia
E Léo e Bia souberam amar

Como se não fosse tão longe
Brasília de Belém do Pará
Como castelos nascem dos sonhos
Pra no real achar seu lugar

Como se faz com todo cuidado
A pipa que precisa voar
Cuidar de amor exige mestria
e Léo e Bia souberam amar