30 de jan de 2014

Noite de "sapeca iaiá" na Vila Belmiro...



  No último sábado, título da "Copinha" sobre o Corinthians. Quatro dia depois, a cereja do bolo: em partida válida pela quarta rodada do Paulistão-14, o Santos simplesmente "atropelou" o timão. No final do jogo, o placar assinalava surpreendentes 5x1 a favor do alvinegro praiano. O Santos jogou com 110% de sua capacidade técnica, e o Corinthians, parece que apenas com 0,02%. Os espaços táticos deixados entre os setores da equipe comandada pelo limitado Mano Menezes faziam inveja à qualquer latifúndio do Pontal do Paranapanema. E o Santos, assim como MST, invadiu brilhantemente os espaços, mas de forma produtiva. 

 Mas torcedores santistas, não podemos nos iludir: o peixe comandado por Oswaldo de Oliveira é fraco, tanto que sofreu para empatar com o Audax e ganhou na bacia das almas do Ituano. Ontem, foi uma noite atípica, e nosso técnico teve sorte de enfrentar Mano Menezes, que consegue ser pior que ele; (muito pior, diga-se de passagem...). Mas de qualquer forma, não deixa de ser uma vitória elástica! "Cinco muito", amigos corintianos...

  * Para visualizar a imagem em tamanho original, clique sobre a mesma.


* O Eldoradense

28 de jan de 2014

Fotografia: "Camuflado"



  No quintal da minha casa há este pequeno arbusto florido, onde este felino folgado resolveu fugir do sol e descansar na sombra. Ao ser flagrado pelas lentes do tablet da Srª Eldoradense, o mesmo camuflou-se de forma interessante, o que resultou em uma fotografia diferente. É como diz o velho ditado: "O sol nasceu para todos, mas a sombra é para poucos..."

* O Eldoradense

27 de jan de 2014

Piada de segunda: "O mineiro e o goiano"


"O mineiro e o goiano"

  Pescavam tranquilos, na beira de um rio, um mineiro e um goiano. Até que em dado momento da pescaria, o mineiro resolve sacanear o colega de Goiás:

   Ocê sabi pur quê a sigra du seu istado é GO?

   Não! Pur quê?

   - Significa..."Gonorante"!

   - Ah! I ocê sabi pur quê a sigra do seu istado é MG?

   - Não! Pur quê?

   - Significa... "Mais Gonorante!"

26 de jan de 2014

Vídeo musical de hoje: "Maximillian Sheldon", com o Ultraje a rigor!


"Maximillian Sheldon" - Ultraje a rigor

Maximillian Sheldon era um detetive
Patrulhando casos que eu nunca tive
Maximillian Sheldon me fazia andar na linha

Maximillian Sheldon me investigava
Maximillian Sheldon me incomodava
Maximillian Sheldon era um problemão que eu tinha

Refrão:
Maximillian Sheldon (x3)

Maximillian Sheldon era tão consciente
Maximillian Sheldon era muito exigente
Maximillian Sheldon nunca tinha se divertido

Maximillian Sheldon se achava perfeito
Maximillian Sheldon era muito suspeito
Maximillian Sheldon era um pouco pervertido

Refrão (x2)
Eu vou matar Maximillian Sheldon (x3)

25 de jan de 2014

Copinha 2014: No futebol também acontece de prevalecer a lógica!



   Sábado de sol, feriado e futebol na principal cidade do país, que completa hoje seu 460º aniversário. E na final alvinegra da Taça São Paulo de futebol júnior, deu a lógica: Santos 2x1 Corinthians. Com um time evidentemente mais técnico e qualificado, o peixe se fez prevalecer na primeira etapa de jogo, abrindo dois tentos no placar, assinalados por Diego Cardoso e Serginho, garantindo tranquilidade maior para administrar o título na segunda etapa. Com a raça e superação de sempre, o Corinthians descontou com Malcom e teve reais chances de empate, mas ficou apenas no "quase".
  
 Se no futebol às vezes acontece o imponderável, hoje foi daqueles dias em que prevaleceu a lógica, e foi premiada a equipe com melhor qualificação técnica. Festa bonita no Pacaembu, em que o Corinthians mostrou sua força de sempre, e o peixe, o eterno talento presente no DNA ofensivo do clube. O ótimo trabalho de base realizado há tempos na Vila Belmiro, revelou mais uma safra promissora e vencedora, que fatalmente trará muitas alegrias aos torcedores santistas. No aniversário de São Paulo, mais uma vez quem deu a bola foi o Santos, que ao contrário do que diz o hino, não é o "novo campeão". O peixe, é "de novo" campeão...


* O Eldoradense

24 de jan de 2014

Alfinetada: "Anel viário em...Santo Anastácio!?"

Projeto de anel viário no entorno de Santo Anastácio

  Amigos leitores, é como diz o ditado: "Vou morrer e não vou ver tudo!". Há alguns dias, houve, no município vizinho e querido de Santo Anastácio, uma audiência pública para debater a construção de uma espécie de "anel viário" no entorno daquela cidade. A obra estaria orçada em R$ 10 milhões, e segundo os idealizadores, serviria para ligar a vicinal de Ribeirão dos Índios à entrada principal de Santo Anastácio, na rodovia Raposo Tavares. O projeto é polêmico e divide opiniões até mesmo dos moradores de Santo Anastácio. Uns acham importante, outros, supérfluo. Não moro lá, mas compartilho a opinião dos que acham isso algo desnecessário, quase que faraônico.

   Esses dias, um amigo meu perguntou, em tom bem humorado:

 "Me responde: Para que construir um anel viário em Santo Antastácio?"

    Respondi:

    "É que existe um fluxo imenso de veículos pesados entre Costa Machado e Ribeirão dos Índios, e o anel viário anastaciano evitaria que esses caminhões e carretas transitassem pelas ruas de Santo Anastácio...só pode ser isso!!!!

* O Eldoradense

23 de jan de 2014

Duas frases maduras e uma podre...


"Torço para que os protestos voltem durante a Copa"... Raí, tetracampeão do mundo pela seleção brasileira e eterno ídolo do São Paulo


  
" Brasil tem muita coisa para fazer, não campos de futebol..."  Rivaldo, pentacampeão do mundo pela seleção brasileira, jogando atualmente no Mogi-Mirim...




  "De que adianta mente ótima e bunda caída?"...
Luciana Gimenez, ex-modelo e apresentadora de televisão, em sua mais recente "pérola verbal". (Acho que desta vez ela se superou!)

21 de jan de 2014

Deu pane na linha telefônica da minha casa!!!


Pane!

 Senhoras e senhores, acho que a telefonia em Presidente Venceslau deve estar vivendo um momento de "samba do crioulo doido". Há quem diga que aqui em meu longínquo bairro, o sinal de telefonia celular que era ruim, conseguiu piorar. Não sei se a informação procede, pois acreditem, eu não sou adepto da telefonia móvel. O que eu sei, é que quando acordei hoje, (bem de manhãzinha, ao meio dia); a internet aqui em casa estava sem funcionar.

  Curioso para saber o que estava acontecendo, liguei na casa do meu irmão, na intenção de especular se o serviço de internet dele estava funcionando. Eis que ao atender minha ligação, minha cunhada pergunta:

   "Você trocou o número do seu telefone?"

    "Não, por que?!

    "Aqui no meu identificador de chamadas não está aparecendo seu número X, mas sim, um número Y!

    "Hã?! Não, você deve ter visto errado, vou ligar novamente...

    Nova ligação, e ela realmente confirmou que o número acusado no identificador dela era outro, diferente do meu. Fiquei preocupado. Logo, imaginei um número trocado propositalmente por algum técnico mal intencionado e minha conta do mês que vem contendo ligações para o Uzbesquistão, Islândia ou Papua Nova Guiné. Liguei para a companhia telefônica, e a gravação dizia que se eu almejasse "manutenção para o número y", que eu aguardasse na linha, para falar com uma das atendentes. Falei, ela explicou que era um problema na linha, (jura?), e disse que o problema seria resolvido em 24 horas. Foi resolvido em três horas, graças à Deus. Agora, é esperar para saber se alguém usou meu número "X" para fazer ligações para o Uzbesquistão, para a Islândia ou Papua Nova Guiné. Deus queira que não....


* O Eldoradense  

20 de jan de 2014

Piada de segunda: "Morreu a mãe do Joaquim!"


"Morreu a mãe do Joaquim!"

   Amanhece o dia em uma famosa padaria de Lisboa. Já no começo do expediente, o patrão percebe que seu melhor funcionário, o Joaquim, está cabisbaixo e chorando.

  "Mas o que aconteceu, Joaquim?"

  "Minha mãe acabou de morrer..."

  "Mas o que fazes aqui, oh pá! Vá para o velório, então..."

 "Não, seu Manoel! Eu prefiro ficaire aqui, trabalhando e me distraindo..."

   Passados 30 minutos, o telefone da padaria toca, Joaquim atende e novamente tem uma crise compulsiva de pranto...

  "Joaquim, você não disse que iria se distrair trabalhando? O que aconteceu agora, homem?"

   "A bruxa está solta, seu Manoel! Meu irmão acabou de me ligar...a mãe dele também morreu !!!!"
   

19 de jan de 2014

Clipe de hoje: "A promessa", com os Engenheiros do Hawaii


"A promessa" - Engenheiros do Hawaii

Não vejo nada (o que eu vejo não me agrada)
Não ouço nada (o que eu ouço não diz nada)
Perdi a conta das pérolas e porcos que eu
cruzei pela estrada

Estou ligado à cabo a tudo que acaba de
acontecer

Propaganda é a arma do negócio
No nosso peito bate um alvo muito fácil
Mira à laser. Miragem de consumo
Latas e litros de paz teleguiada
Estou ligado à cabo a tudo que eles têm pra
oferecer

O céu é só uma promessa
Eu tenho pressa, vamos nessa direção
Atrás de um sol que nos aqueça
Minha cabeça não aguenta mais.

Tu me encontrastes de mãos vazias
E eu te encontrei na contramão
Na hora exata, na encruzilhada, na highway da
superinformação
Estamos tão ligados, já não temos o que temer

O céu é só uma promessa
Eu tenho pressa, vamos nessa direção
Atrás de um sol que nos aqueça
Minha cabeça não aguenta mais.

14 de jan de 2014

Rolezinho no "Chopis centis"!


Rolezinho no Chopis centis!

"Esse tal  Chopis centis,
é muito legalzinho;
Pra levá as namorada,
e dá uns rolezinho!"

  Acima, está o trecho da música "Chopis centis", cantada pela banda "Mamonas Assassinas", que teve sucesso meteórico, fatalmente interrompido por um acidente trágico de avião, em 1996. Porém, a letra da música nunca foi tão atual. Quem acompanha os principais sites de notícia, deve ter ouvido falar dos tais "rolezinhos". Para quem não sabe, os "rolezinhos" são encontros marcados por jovens, (em sua maioria da periferia das grandes cidades), que se reúnem em pontos tradicionalmente ocupados pelos segmentos mais abastados da sociedade, ( como os shoppings, por exemplo).

 Alegam os frequentadores dos "rolezinhos", que o "movimento", (se é que se pode chamar assim); tem como objetivo mostrar o clamor dos jovens menos privilegiados por lazer, tendo em vista a ausência do poder público em promover entretenimento e diversão na periferia dos grandes centros. E, para variar, nossa sociedade não está sabendo lidar com o fenômeno: lojistas de shoppings, policiais e autoridades competentes, estão confusos, sem saber como proceder mediante um aglomerado de jovens de origem humilde, que segundo eles, de uma hora para outra, pode promover tumulto e baderna. 

 Ainda segundo a maioria dos lojistas, é temerário que neste aglomerado de jovens, possam estar infiltrados bandidos com intenção de furtá-los ou promover vandalismo, como nos protestos realizados no país, em meados do ano passado. Mas...e aí? Se assim acontecer, que se puna somente os vândalos, ora! Quem for no shopping somente para dar um "rolezinho pacífico", deve ter seus direitos de ir e vir preservados, ou para frequentar tal lugar é preciso pertencer à uma classe média alta? Triagem na porta dos shoppings, agora??

   Muitos transeuntes (inclusive da classe média alta), e pessoas ligadas à imprensa alegam que a Polícia Militar barrou jovens que queriam adentrar os shoppings utilizando o "olhômetro", distinguindo possíveis participantes do "rolezinho" através das vestes e aparência. Amigo leitor, quer queira quer não, isso caracteriza discriminação e preconceito. Há ainda os que alegam que maus policiais utilizaram-se da força e da intimidação contra esses jovens. Lamentável!

   Não estou aqui defendendo baderna, arruaça ou qualquer coisa do tipo. Apenas acho que as ações de policiais e lojistas devem punir apenas vândalos e ladrões, e não jovens pobres que queiram frequentar determinado espaço. Afinal, é proibido dar um "rolezinho" no shopping? Até onde eu saiba, não...
   

* O Eldoradense


13 de jan de 2014

Piada de segunda: "Aqui jaz"


"Aqui jaz"

  Em um cemitério excêntrico, vejam as mensagens escritas nos túmulos de falecidos com profissões, personalidades e características distintas:


       No jazigo de um espírita: "Volto logo"

    No jazigo de um internauta: "aquijaz.com.br"

    No jazigo de um alcoólatra: "Enfim, sóbrio!"

    No jazigo de um arqueólogo: "Enfim, fóssil!"

    No jazigo de um delegado: "Tá olhando o que? Circulando, circulando..."

    No jazigo de um funcionário público: " É no túmulo ao lado"

    No jazigo de um hipocondríaco: "Eu não disse que estava doente?"

    No jazigo de um judeu: "O que vocês estão fazendo aqui? Quem está tomando conta da lojinha?"

    No jazigo de um psicanalista: "A eternidade não passa de um complexo de superioridade mal resolvido"

    No jazigo de um viciado: "Enfim, pó!"

    No jazigo de um advogado: "Isso não pode ser definitivo! Vou recorrer!"

    No jazigo de um corintiano: "Eu nunca vou te abandonar!"

12 de jan de 2014

Vídeo musical de hoje: "Morena tropicana", com Alceu Valença!


"Morena tropicana" - Alceu Valença

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo.
Melão maduro, sapoti, juá.
Jaboticaba, teu olhar noturno;
Beijo travoso de umbú cajá.

Pele macia,
Ai! carne de cajú!
Saliva doce, doce mel,
Mel de uruçú.

Linda morena,
Fruta de vez temporana,
Caldo de cana caiana,
Vem me desfrutar!
Linda morena,
Fruta de vez temporana,
Caldo de cana caiana,
Vou te desfrutar!

Morena Tropicana,
Eu quero teu sabor.
Ai! Ai! Ioiô! Ioiô! (2x)

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo.
Melão maduro, sapoti, juá.
Jaboticaba, teu olhar noturno;
Beijo travoso de umbú cajá.

Pele macia,
Ai! carne de cajú!
Saliva doce, doce mel,
Mel de uruçú.

Linda morena,
Fruta de vez temporana,
Caldo de cana caiana,
Vou te desfrutar!
Linda morena,
Fruta de vez temporana,
Caldo de cana caiana,
Vem me desfrutar!

Morena Tropicana,
Eu quero teu sabor.
Ai! Ai! Ioiô! Ioiô! (2x)

Morena Tropicana,
Eu quero teu sabor.
Ai! Ai! Ioiô! Ioiô! (2x)

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo.
Melão maduro, sapoti, juá.
Jaboticaba, teu olhar noturno;
Beijo travoso de umbú cajá.

Pele macia,
Ai! carne de cajú!
Saliva doce, doce mel,
Mel de uruçú.

Linda morena,
Fruta de vez temporana,
Caldo de cana caiana,
Vou te desfrutar!
Linda morena,
Fruta de vez temporana,
Caldo de cana caiana,
Vem me desfrutar!

Morena Tropicana,
Eu quero teu sabor.
Ai! Ai! Ioiô! Ioiô! (2x)
Morena Tropicana!...

9 de jan de 2014

Maranhão: A caricatura de um país caricato

José Sarney e sua filha, Roseana: poder, dinastia e imoralidade

Maranhão: A caricatura de um país caricato

  Amigos leitores, como os senhores sabem, notícias de corrupção e imoralidade em nosso país se proliferam mais que larva do mosquito Aedes aegypt: é mensalão, é trensalão, é Maranhão. Qualquer cidadão de bem se revolta ou se sente enojado mediante tanto dinheiro público indo pelo ralo, enquanto políticos inescrupulosos e certos da impunidade enriquecem às custas do meu, do seu, no nosso dinheiro. A vontade que dá é de não assistir mais ao telejornal, não acessar sites de notícias, enfim, de não se informar, tamanha sujeira envolvendo aqueles que deveriam zelar pela coisa pública. Mas isso seria tudo o que eles querem: povo desinformado é povo alienado e  desprovido de senso crítico. 

  No decorrer da semana foi noticiada a morte de uma menina de 6 anos, vítima de um incêndio em um ônibus queimado a mando do crime organizado, no Maranhão. Ontem, o mesmo crime organizado divulgou um vídeo de bárbara violência, onde três presidiários foram decapitados por rivais, na unidade prisional de Pedrinhas, em São Luís. Enfim, o estado do Maranhão vive um momento de caos, que requer cuidados especiais e atitudes firmes por parte dos governantes.

 Mediante o quadro caótico, a governadora Roseana Sarney realizará uma licitação imoral para o abastecimento alimentício de sua residência oficial por um ano, sendo que no pregão, constam alguns itens "básicos" como lagosta, filé mignon, picanha, duas toneladas e meia de camarão, além de salmão fresco. Dentre os itens não perecíveis, constam geléias francesas de morango, pêssego e cassis; azeites de oliva espanhol e português; castanhas do Pará e portuguesa, além de água mineral e refrigerantes. O valor da comprinha? Pouco mais do que a bagatela de um milhão de reais! 

    Os mais radicais dirão que o povo daquele estado merece mesmo o que está acontecendo, que a população vota repetidamente na família Sarney, coisa e tal. Mas amigos, o buraco é mais embaixo. A dinastia da família que há décadas comanda aquele estado, usa métodos inteligentes para se manter no poder, desde o sucateamento quase que total do ensino público, passando pelo consequente voto de cabresto e chegando às barganhas de apoio aos governos presidenciais. Assim foi no governo FHC, Lula, e agora, com Dilma. O povo maranhense até deva ter mesmo sua parcela de culpa no quadro, mas creio que ele seja mais vítima que vilão nesta história toda.

  Além disso, a corrupção corre desenfreada nos estados mais ricos do Brasil, haja vista as notícias envolvendo os esquemas dos cartéis nas licitações das obras do metrô em São Paulo. O problema, é que em um estado miserável como o Maranhão, as consequências são mais cruéis, mais perversas, mais latentes. Os bandidos pés de chinelo daquele estado fazem decapitação no interior dos presídios e queimam ônibus, enquanto os "honoráveis bandidos" consomem em seus palácios, lagostas, camarões, salmões e "outras cositas más".

  O Brasil é um país em que a corrupção o torna caricato. O Maranhão, é, por sua vez, a caricatura da caricatura. Quem dera, se em um milagre divino, mesmo sem educação e informação, o povo maranhense decapitasse a corja dos Sarney do poder, utilizando a arma pacífica do voto. Ah, quem dera se esse povo acordasse, e saísse do berço esplêndido! Enfim, como seria bom se esse povo saísse da cama, dos lençóis...dos lençóis maranhenses!

* O Eldoradense

7 de jan de 2014

Alfinetada: Estamos a poucos dias do BBB 14!


Vai começar o BBB 14!

  Amigos leitores do blog, estamos a sete dias da estreia do BBB 14, aquele programa que ao longo dos anos, se tornou uma espécie de "queridinho" da Rede Globo, mediante o inexplicável sucesso que o reality show alcança. Para a emissora global, o programa é uma "mão na roda": candidatos a celebridades expõem-se a qualquer custo, enquanto as reais celebridades da emissora, curtem suas férias. Mas se você detesta o BBB assim como eu odeio, sugiro algumas alternativas de lazer enquanto aquela bizarrice é transmitida na TV:

  1) Leia livros, gibis, jornais, bulas de remédios ou até mesmo a minha biografia não autorizada, que será lançada no próximo dia 30 de fevereiro deste mesmo ano e que já é encontrada informalmente nas melhores barracas de camelôs;

  2) Pedale, faça abdominais, natação, jogue palitinho, dominó, truco ou qualquer atividade lúdica que  ajude efetivamente na otimização fisiológica dos seus neurônios;

  3)  Converse com a família: este é um hábito saudável, há tempos preterido por televisões, internet ou celulares; 

  4) Tome um sorvete no horário do programa: se a grana está curta, tome aquele sorvetinho lá da perua em frente à igreja matriz. Ele tem um preço bem acessível, e até que é gostosinho. Além disso, o cliente poderá desfrutar da simpatia e simplicidade do seu Ismael;

  5) Exploda com as unhas aquelas bolinhas de ar contidas em embalagens plásticas;

 6) No caso de impossibilidade de qualquer uma das alternativas anteriores, troque de emissora: até mesmo o Canal do Boi está valendo...


 Em tempo: Antes que me acusem de fazer merchandising, o seu Ismael não me pagou pela propaganda gratuita e sincera, bem como não ganhei nenhum sorvetinho "na faixa"....

* O Eldoradense

6 de jan de 2014

Piada de segunda: "Conversa com o gerente"


"Conversa com o gerente"

  O sujeito endividado chega à mesa do gerente do banco, no intuito de conseguir aquela renegociação básica do seu empréstimo pessoal. Para quebrar um pouco o gelo e tentar ganhar alguma simpatia do seu gerente, ele já começa perguntando:

   "Caramba, tem duzentos reais aqui na mesa. De quem é esse dinheiro?"

   O gerente, tratando de colocar um tom mais sério à conversa, responde:

    "Não é da sua conta!"

5 de jan de 2014

Vídeo musical internacional de hoje: "Secret Agent Man", com Johnny Rivers!


"Agente secreto"

Há um homem que leva uma vida de perigos
Para todos que ele encontra ele continua um estranho
A cada movimento que ele faz, ele ganha uma nova chance
É provável que ele não viva para ver o amanhã

Agente secreto
Agente secreto
Eles estão te dando um número e tirando o seu nome

Tenha cuidado ao encontrar rostos bonitos
Um belo rosto pode esconder uma mente malígna
Oh, tenha cuidado com o que você fala
Ou vai se entregar
É provável que você não viva para ver o amanhã

Agente secreto
Agente secreto
Eles estão te dando um número e tirando o seu nome

Balançando na Riviera um dia
E depois mais tarde no Alan Bombaim no dia seguinte
Eu sei que você deixa as palavras erradas escaparem,
Enquanto beija lábios persuasivos
É provável que você não viva para ver o amanhã

Agente secreto
Agente secreto
Eles estão te dando um número e tirando o seu nome

Agente secreto...

2 de jan de 2014

Arco-íris no primeiro dia de 2014...



  Pode ser coincidência, mas deve haver alguma mensagem subliminar neste lindo arco-íris que se formou no início do anoitecer do primeiro dia de 2014. Que o ano novo ano seja repleto de cores e tão magnífico quanto este espetáculo da natureza que tive o privilégio de contemplar e registrar na minha modesta máquina fotográfica. Não tenho dúvidas que foi um sinal enviado por Deus, na sua forma mais sutil de nos passar uma bela e enigmática mensagem de otimismo...


* O Eldoradense

1 de jan de 2014

Pequenas observações sobre meu réveillon e aspirações para 2014...

  


  1) Não é fácil estar no trabalho no exato momento da virada do ano. Dá um aperto no coração, mas são ossos do ofício...

  2) No trabalho, fizemos um bolão da "Mega da virada", com 185 cartelas. Fizemos dois ternos. Se fôssemos alfaiates, ganharíamos algum dinheiro com isso, mas não é o caso...

 3) Já que em 2014 sediaremos uma Copa do Mundo sem condições para tal, que o Brasil leve a taça. Se o campeão não for a nossa seleção, sinceramente, eu torço para Honduras...

 4) Que o Santos ganhe vários títulos e o Corinthians não ganhe nada...

 5) Que qualquer um ganhe as eleições presidenciais, menos o Aécio Neves. Em São Paulo, o Alckmin já ganhou, não adianta eu agourá-lo...

 6) Todo réveillon eu aspirava por saúde, paz, prosperidade, e outros blá blá blás. Para 2014, saúde já me basta. O resto, é consequência...

 7) Feliz Ano Novo a todos os leitores e seguidores do blog. Se beber, não dirija...

 8) Já escrevi muita bobagem. Vou dormir, estou com sono...



 * O Eldoradense