4 de ago de 2016

Comentário: "Olimpíadas"




  Amanhã ocorrerá a cerimônia de abertura do maior evento esportivo mundial, que será sediado em nosso país, na cidade do Rio de Janeiro. Sim, assim como a maioria dos brasileiros, entendo este fato como surreal, já que vivemos em um país cheio de mazelas, abarrotado de problemas e com tantas pendências com sua população. Não tínhamos, não temos e por muito tempo não teremos as condições ideais para sermos anfitriões de eventos desta magnitude, ainda que o marketing político e o dinheiro tenham convencido as autoridades esportivas do contrário. 

 Admito que ver no noticiário televisivo a tocha olímpia percorrendo os quatro cantos do país me causa um sentimento misto, difícil de definir: o da indignação, por causa da politicagem em torno do evento e o da emoção, por toda a mensagem de confraternização que o esporte simboliza.

   Porém, ainda que eu possa estar equivocado, tentarei curtir as Olimpíadas somente com o olhar da admiração pelo esporte, deixando a indignação pela política em segundo plano. Pelo menos durante o tempo das competições, creio que os abutres engravatados não mereçam mais atenção do que os atletas uniformizados. Não é justo que Usain Bolt, Djokovic, Neymar, Marta, o "Dream Team" do basquetebol norte-americano e Phelps percam espaço para Temer, Lula e Dilma. Não faz sentido que a mensagem de união entre os povos através do esporte seja ofuscada por superfaturamentos, fraudes e desorganização. Pelo menos durante o tempo que a bola role, que os atletas saltem, corram, nadem, lutem, e façam das competições um espetáculo, não permitirei que os vilões superem os herois. Tentarei, (e se Deus quiser conseguirei), me encantar com as cores, me emocionar com as lágrimas de vitórias, derrotas e ficar admirado com as quebras dos recordes. Enfim, o esporte não pode perder para a politicagem, ainda que muitas vezes ele seja usado como instrumento de alienação e massa de manobra.

* O Eldoradense


2 comentários:

  1. Amigo blogueiro, que bom que pensa assim, vamos colocar a camisa de torcedor, sabemos que este panorama crítico em nosso país não vai mudar de uma hora pra outra, mas o momento é de torcer pelos nossos atletas, se encantar com a beleza do esporte e rezar para que tudo dê certo... Abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. Num pais de crises, sediarmos uma olimpíada é demais para engolir, no entanto, vamos esquecer realmente toda a sujeira da nossa politica e nos ater ao q realmente importa nesse momento olímpico.. nossos grandes atletas, vamos dar a eles toda nossa torcida.. Esporte une povos de fato, então vamos nos unir a esse povo atleta que dedicam suas vidas em busca do sonho de ser medalhistas olímpicos, a eles todo nosso aplauso, toda nossa admiração...

    ResponderExcluir