15 de dez de 2016

Narcos: uma série viciante!




   Já há algum tempo eu tinha ouvido falar do sucesso que a série Narcos estava fazendo entre os assinantes da Netflix. Porém, apesar de curioso sobre a trama, não havia assistido sequer um capítulo da mesma. Mas há duas semanas, comecei assisti-la, e preciso admitir: A trama é viciante!

 Tudo bem, é uma série extremamente violenta, com cenas chocantes, mas há um enredo instigante, em que a cada capítulo o espectador é convidado a assistir ao próximo, pois tudo nela é envolvente: as atuações dos atores, (Wagner Moura dá um show de interpretação); a cenografia da paisagem colombiana, e uma produção muito bem elaborada por José Padilha, (cineasta brasileiro que produziu também Tropa de Elite).

   A cada dia eu me pegava assistindo 3 capítulos, e em menos de duas semanas eu havia concluído as duas temporadas. Narcos, apesar de ser uma obra de ficção que apenas se embasou na história de Pablo Escobar, trouxe bons esclarecimentos sobre o trabalho em conjunto dos órgãos americanos de segurança com a Polícia Federal Colombiana, a ligação do tráfico de drogas com a política, a guerra interna entre os cartéis, e as ações das guerrilhas paramilitares de direita e de esquerda nas selvas da Colômbia. Portanto, a série não está presa ao clichê da ação e da violência, e nela está contido um roteiro muito bem elaborado, que certamente foi fruto de uma pesquisa minuciosa de José Padilha.

  A propósito, para quem não sabe, o cineasta e roteirista tem um grande desafio pela frente: produzirá uma série sobre a Operação Lava Jato, que com certeza será tão ou mais envolvente que Narcos.

* O Eldoradense



Um comentário:

  1. Eu estou assistindo The Crown, inspirada na família real britânica, é muito bom também, na Netflix, que aliás foi uma das melhores aquisições de 2016, rsrsrs Abraços!

    ResponderExcluir