17 de mai de 2017

E agora? Gritaremos "Fora Temer?"




   Imaginem-se torcendo para um time de qualquer esporte coletivo que está mandando muito mal no jogo. E aí, a torcida começa a gritar: "Tirem o número 13! Coloquem o 15!". O técnico, então, acreditando que "a voz do povo seja a voz de Deus", atende o pedido da galera, e... "o tal de 15 não acrescentou em nada", sendo que o time continua de mal a pior. A analogia pode não ser das mais elaboradas, mas é no mínimo, didática.

   Vazou hoje em delação dos donos da JBS, Joesley e Wesley Batista, que o nosso digníssimo presidente deu o aval para que fosse paga uma quantia generosa e regular ao nobre ex-deputado Eduardo Cunha para que o mesmo se mantivesse em silêncio na cadeia, com o objetivo de atrapalhar o andamento das investigações da Operação Lava Jato. Em contrapartida, Temer teria indicado um deputado que defenderia os interesses da JBS na Câmara.

    Pois é: o governo Temer nem bem começou e já está atolado em uma crise política sem precedentes, marcado pela diminuição brusca da popularidade, impulsionada pelas reformas trabalhista e previdenciária. Se Dilma mereceu o impeachment, é fato que os áudios vazados pelos delatores da JBS também sejam provas bastante concretas para que Temer saia do Palácio do Planalto pela mesma porta que a ex-presidente saiu.

   Ah! sobre a analogia em questão, alguém pode sugerir: "não deveríamos ter escalado nem o 13, nem o 15. Quem merecia ser o capitão do time era o 45!". Só para concluir, Aécio Neves foi também citado na delação, pedindo ao dono da JBS, a bagatela de R$ 2 milhões para a contratação de um ótimo advogado criminal com o objetivo de defendê-lo das delações das investigações da Lava Jato. Portanto, meus amigos, o "tal de 45" também não era a solução mágica para os nossos problemas. Impeachment de Temer? Novas eleições diretas? Aguardemos as cenas dos próximos capítulos deste dramalhão medonho que se tornou os bastidores da política brasileira...            * Para visualizar a imagem em tamanho original, clique sobre a mesma

* O Eldoradense  

   

Um comentário:

  1. Fora Temer, Lula, Dilma, Aécio... todos, todos, tem que dar uma descarga séria neste Brasil!!! Que triste!

    ResponderExcluir