18 de mar de 2016

Poema: "De onde virá?"


De onde virá?


De onde virá o justiceiro,
Que limpará Brasília?
Não se iludam com o mineiro,
Ele é de outra quadrilha...

De onde virá o alquimista,
Que deixaria tudo dourado?
De um Palácio Paulista?
Ou do metrô superfaturado?

De onde virá o contentamento,
De um povo descrente?
Somente com um afastamento?
Assumindo o vice-presidente?

Talvez exista esse sujeito,
É o que pensa este escriba...
Acho que pelo jeito,
Ele vem de Curitiba!

* O Eldoradense

Um comentário:

  1. Vamos esperar amigo, acho que esta semana será crucial...abraços!!!

    ResponderExcluir