12 de ago de 2017

Quando três malucos querem brigar... sai de baixo!

  O bom e velho ditado diz que "quando um não quer, dois não brigam". Pois é! Agora imaginem quando três estão loucos para brigar? Coisa boa é que não sai, né?

 Na liderança da maior potência mundial, temos um megalomaníaco desequilibrado com discurso de extrema direita, xenófobo e com popularidade baixíssima. Contrapondo a ele, na Coréia do Norte, um baixinho invocado que resolveu brincar de fazer testes com bombas nucleares. Não é preciso ser nenhum gênio da análise geopolítica, para concluir que, na busca por popularidade e prestígio, os dois podem resolver iniciar um confronto bélico, derramando sangue dos seus respectivos povos, alimentando seus respectivos discursos nacionalistas.

    Como se não bastasse, aqui nas bandas da América do Sul, um ditadorzinho com discurso esquerdopata faz e desfaz na Venezuela, oprimindo um povo que sequer tem comida nas prateleiras dos supermercados. Pratos vazios para os venezuelanos, mas um prato cheio para o presidente norte-americano, que já sinalizou a possibilidade de interferência militar contra Nicolás Maluco, que já provou até onde é capaz de ir utilizando o discurso demagógico da "República Bolivariana". 

   Quer dizer, a coisa não tá cheirando bem. Se "quando um não quer, dois não brigam", quando três querem brigar... Sai de baixo!  * Para visualizar a imagem em tamanho original, clique sobre a mesma.


* O Eldoradense
       

Nenhum comentário:

Postar um comentário